5 dicas para financiar o seu novo imóvel

5 dicas para financiar o seu novo imóvel

Financiar um imóvel é a oportunidade de muitas famílias conquistarem a casa própria. No entanto, esse comprometimento exige estar atento em todos os detalhes, como não comprometer o orçamento familiar, qual banco escolher, analisar quanto tempo levará até a aprovação do crédito, e outros pontos que estão entre as 5 dicas para financiar o seu novo imóvel

Antes de pular paras dicas, você sabe como funciona um financiamento imobiliário? Acontece da seguinte forma: se uma pessoa decide comprar uma casa ou apartamento e não tem o dinheiro total para realizar o pagamento a vista, essa quantia pode ser negociada com um banco, que, através de um empréstimo, completa o valor para o dono do imóvel. Após o financiamento realizado, o comprador continua pagando o valor negociado para banco, seguindo o que foi acordado na quantidade de parcelas, juros e correções. 

O financiamento pode ser chance incrível de conquistar o primeiro imóvel ou te colocar em uma fria. Por isso, antes de fechar o negócio, conte com o auxílio de um corretor, estude bem o contrato e siga as 5 dicas para financiar seu novo imóvel.

Não comprometa mais que 30% do seu rendimento para financiar

Antes de começar a procurar imóveis e cotar com bancos, o primeiro passo é ter em mente o seu planejamento financeiro. Contabilize o rendimento mensal da família e saiba quanto desse valor pode ser guardado mensalmente para o financiamento. A recomendação mais popular de quem entende desse mercado e não poderia faltar nas 5 dicas para financiar seu novo imóvel é “não comprometa mais que 30% do seu rendimento”. É normal nesse momento o coração falar mais alto que a razão, mas não esqueça de manter os pés no chão e fazer todo o processo com muita cautela, com organização e atenção o seu financiamento será positivo e você poderá curtir o novo lar sem nenhum estresse. Quando for fazer as contas, não esqueça de levar em consideração que imóveis na planta exigem ainda o gasto da moradia atual. 

Nem sempre o seu banco é a melhor opção para financiar

Após saber quanto exatamente poderá investir por mês, chegou a hora de estudar qual banco oferece as melhores condições para o seu negócio. Normalmente a simulação mais vantajosa e flexível é aquela do banco que já possui conta, afinal, a instituição já tem o seu cadastro e cuida da sua movimentação financeira há algum tempo, facilitando também no processo de aprovação de crédito. Mas, não leve isso como regra, não é incomum outros bancos oferecerem uma proposta mais favorável, e não custa dar uma olhadinha, né? 

Ter os documentos em mãos agiliza o processo

Sabemos que a ansiedade toma conta na hora de fechar a compra de um imóvel. No caso do financiamento, prestar atenção na documentação necessária e ter ela bem certinha em mãos é um grande passo para o processo não atrasar. Mesmo que cada banco tenha a sua lista própria de exigências, entre os principais documentos que você vai precisar estão RG original e cópia, CPF original e cópia, Carteira de Trabalho, declaração do Imposto de Renda recibo de entrega à Receita Federal, Cadastro Positivo do Serasa e comprovantes como residência, estado civil e de renda. Você vai ver ainda nas 5 dicas para financiar seu novo imóvel, mas para organizar esses documentos sem faltar nada e com nenhum erro, o corretor imobiliário  é um ótimo aliado. 

Quanto tempo pode levar a negociação?

O tempo de negociação do financiamento é bem variável, pode levar 15 dias, em torno de 30 a 45 dias ou até três meses para uma resposta definitiva. Tudo vai depender de vários fatores: se você já tem em mãos todos os documentos necessários, se o financiamento será no banco que já possui conta ou em outra agência, se já simulou a quantia que poderá investir ou não.

Para que o seu processo não sofra nenhum atraso, não hesite em contar com o auxílio de um corretor, esse profissional estará presente do momento inicial da compra até o pós-venda. No primeiro contato, ele terá função de orientar o cliente a realizar o melhor negócio, fugindo das “pegadinhas” dos bancos”, depois deve acompanhar o financiamento, verificar os documentos e até ajudar a tirar nos cartórios as certidões e documentos necessários. 

Sua idade pode influenciar no processo

Uma questão que poucas pessoas sabem é que, segundo a lei, a idade limite para pagamento da última parcela do financiamento imobiliário é de 80 anos e seis meses.

Além da redução de prazo, é importante saber também que, quanto maior a idade, a maioria dos bancos aumentam a taxa do seguro contra morte e invalidez do mutuário que quita o saldo devedor. Se for o seu caso, procure um banco que não reajuste o seguro ao longo do contrato ou estude colocar o financiamento no nome de outro familiar. 

Com estas informações, certamente não restarão dúvidas para você financiar seu novo imóvel. Acesse o site da Criar Empreendimentos e confira as opções que estão sendo construídas por aqui. Sempre tem um imóvel adequado para o seu bolso, nas condições ideais e para atender o seu gosto.

5 motivos para morar no bairro São Vicente

5 motivos para morar no bairro São Vicente

Qualidade de vida e bem-estar são requisitos na hora de escolher um lar. Para alcançar esse propósito, no topo da lista de critérios para o novo endereço, está uma boa localização, que precisa ser acompanhada de segurança, acessibilidade, comodidade, opções de lazer e comércio na região, escolas, postos de saúde e vizinhança amigável. Ainda não sabe onde encontrar tudo isso? O blog da Criar Empreendimentos vai te ajudar nessa missão selecionando os 5 motivos para morar no bairro São Vicente, em Itajaí (SC). 

Antigamente, conhecido como Vassourão, o bairro São Vicente surgiu por volta de 1955 e teve um acelerado desenvolvimento entre 1970 e 1973. Ocupando posição entre os mais conhecidos de Itajaí, o bairro tem fácil acesso ao restante da cidade, mas quem mora lá afirma que é possível fazer tudo sem sair da região, o que justifica o apelido de minicidade.  

Quer saber mais? Confira abaixo os 5 motivos para morar no bairro São Vicente e entenda porque este é um dos melhores lugares para se viver em Itajaí. 

Escolha um bairro marcado pelo desenvolvimento e em constante crescimento

Entre os 5 motivos para morar no bairro São Vicente não poderia faltar o rápido e constante desenvolvimento que marca a sua história.

Se um dia o São Viça, como também é carinhosamente chamado pelos moradores, foi isolado dos outros bairros, atualmente é conectado a todas as regiões de Itajaí. No bairro São Vicente também está localizada a Rua Estefano José Vanolli, uma das principais vias de Itajaí, que comporta grandes redes de comércio. 

Com uma trajetória tão especial e crescente, o desenvolvimento não para. Para os que já moram nessa região e aos futuros moradores, só têm benefícios viver em um bairro supervalorizado e que ainda guarda um pedacinho do interior, garantindo qualidade de vida

Tenha tudo por perto  

Os moradores do bairro São Vicente não hesitam em compará-lo a uma minicidade, onde você pode resolver e ter acesso a tudo sem precisar se locomover com carro, moto, ônibus ou qualquer outro meio de transporte. 

Com horários dignos de grandes centros urbanos, abrindo até aos domingos, na região você encontra uma ampla variedade e redes de comércio, supermercados, padarias e farmácias. Além disso, postos de gasolina, escolas particular e pública, igrejas, e muito mais fazem parte de São Vicente. Para garantir a saúde e bem-estar da sua população, também têm quadras esportivas e praças com brinquedos para crianças.

Garanta a valorização do seu imóvel

Na hora de comprar um imóvel, para morar ou fazer negócios, é muito importante ter consciência da valorização do mesmo ao passar dos anos. Segurança, localização, praticidade e a crescente linha de desenvolvimento com uma das melhores infraestruturas de Itajaí fazem do bairro São Vicente uma excelente escolha de investimento, não podendo faltar na lista dos 5 motivos para morar no bairro São Vicente

Para dar ainda mais valor ao potencial dos imóveis do bairro São Vicente, Itajaí como um todo registrou a terceira maior valorização de todo o Brasil em 2019. Apresentou alta média de 4,16%, segundo dados do Índice FipeZap, que monitora os preços médios dos imóveis residenciais anunciados em 50 cidades brasileiras. A informação partiu da Prefeitura de Itajaí  e mostra que, além de ter o maior crescimento percentual de Santa Catarina, o preço médio do metro quadrado dos imóveis residenciais de Itajaí é o quarto maior do Estado, podendo custar até R$ 6.088,00. Esse valor é superior às capitais Curitiba (R$ 6.003,00) e Porto Alegre (R$ 5.923,00), por exemplo.

Segurança não pode ficar de fora dos 5 motivos para morar no bairro São Vicente 

Investir na segurança pessoal, da família e do patrimônio significa investir em boas noites de sono, dias menos preocupantes e, consequentemente, na qualidade de vida. Após leitura dos primeiros tópicos, você já viu que o bairro São Vicente está em constante desenvolvimento e cada vez mais habitado, mas, mesmo assim, os moradores garantem que a região mantém aquela essência do interior. 

A movimentação e as grades redes não implicam em nada na vizinhança amigável, vias iluminadas e muita vigilância na região, que garantem a segurança de todos os moradores. 

Um lugar repleto de generosidade e tradições

Com tradições religiosas, a primeira capela do bairro São Vicente foi construída em 1955, no terreno onde atualmente é localizado o Centro Social Urbano. Foi através dessa capela e do Santo Padroeiro São Vicente de Paulo que o bairro deixou de se chamar Vassourão e recebeu o nome que conhecemos hoje. 

Com moradores antigos e tantas tradições, é muito comum ver práticas positivas e boas ações sendo realizadas. Um exemplo é o trabalho voluntário realizado pela igreja do bairro, que, com apoio dos moradores, distribui roupas e refeições semanalmente, além da cesta básica e auxílio com conta de água e luz para quem faz cadastro. Viver em um ambiente assim, cercado de boas pessoas, aquece o coração e precisa estar nos 5 motivos para morar no bairro São Vicente.

Com estas informações, certamente você já tem argumentos suficientes para investir no bairro São Vicente, em Itajaí. Dessa forma, acesse o site da Criar Empreendimentos e confira as opções que estão sendo construídos por aqui. Sempre tem um imóvel adequado para o seu bolso, nas condições ideais e para atender o seu gosto.

5 vantagens de morar no bairro São João

5 vantagens de morar no bairro São João

O Residencial Garden Club está localizado no Bairro São João, de Itajaí (SC)

A localização é sem dúvidas o primeiro ponto a ser considerado na hora de fechar um imóvel. Além disso, outras questões são essenciais. São elas: segurança, mobilidade, a comodidade de opções de serviços e lazer próximos, vizinhança amigável são determinantes para escolher o lugar ideal para se morar. Para te ajudar nessa decisão, o Blog da Criar Empreendimentos separou 5 vantagens de morar no bairro São João, em Itajaí (SC).

Conhecido como um dos bairros mais tradicionais da cidade e um dos melhores em termos de infraestrutura, o São João tem fácil acesso para o Centro e outros bairros de Itajaí. Aliás, é estratégico também para as principais saídas da cidade, e oferece escolas, supermercados, comércios, opções de lazer e ainda a calmaria de uma região domiciliar e segura. Confira abaixo as 5 vantagens de morar no bairro São João e entenda porque este é um dos melhores lugares de Itajaí para se viver.

1- Localização privilegiada e a cinco minutos do Centro

Ao lado do Centro de Itajaí, a localização privilegiada não poderia estar de fora das 5 vantagens de morar no bairro São João. O acesso para os principais bairros e saídas da cidade é prático e rápido. Possui vias asfaltadas e ambientes arborizados, além de uma ampla oferta de transporte público.
Na região, os moradores contam com a facilidade de encontrar tudo que precisam ao seu redor. Por exemplo, uma ampla variedade de comércios, supermercados, padarias, escolas, igrejas, farmácias, posto de gasolina, escolas e muito mais. Para garantir a saúde e bem-estar da sua população, o bairro considerado uma mini-itajaí, também tem quadras esportivas e praças com brinquedos para crianças.

2- 5 vantagens de morar no bairro São João: valorização do imóvel

Segurança, localização, praticidade e a crescente linha de desenvolvimento com uma das melhores infraestruturas de Itajaí fazem do bairro São João uma excelente escolha de investimento, seja para morar ou fazer negócios. E a cidade como um todo registrou a terceira maior valorização de todo o Brasil em 2019. Apresentou alta média de 4,16%, segundo dados do Índice FipeZap, que monitora os preços médios dos imóveis residenciais anunciados em 50 cidades brasileiras. A informação partiu da Prefeitura de Itajaí e mostra que, além de ter o maior crescimento percentual de Santa Catarina, o preço médio do metro quadrado dos imóveis residenciais de Itajaí é o quarto maior do Estado, podendo custar até R$ 6.088,00. Esse valor é superior às capitais Curitiba (R$ 6.003,00) e Porto Alegre (R$ 5.923,00), por exemplo.

3- Qualidade de vida está entre as 5 vantagens de morar no bairro São João

Não tem mais desculpas para deixar os exercícios de lado. No bairro São João há academias particulares, mas também opções gratuitas instaladas pela prefeitura ao ar livre, além de quadras esportivas. Para as crianças, praças com brinquedos são a diversão garantida, sobretudo no final do dia e nos fins de semana.

Apesar de perto do Centro e com ampla variedade de comércio, estrutura de lazer e escolas, o bairro é considerado domiciliar e garante o sossego de uma região segura e silenciosa. Os moradores podem desfrutar ainda de vias asfaltadas e arborizadas, mais um aspecto que oferece conforto e bem-estar a àquela região.

4- Entre as 5 vantagens de morar no bairro São João está uma região repleta de tradição

O bairro São João era inicialmente chamado de Banhado de Jacaré. Mas foi após uma Festa Junina, em 1958, que buscava arrecadar recursos para melhorar as condições da igreja da região, que decidiram homenagear o bairro com esse nome. A festa acontece até hoje e é considerada um evento imperdível em Itajaí. É possível apreciar diversas culinárias típicas, atrações musicais, missas, novenas e a tradicional queima da fogueira.

Além da Festa Junina mais famosa da cidade, o bairro São João abriga também um dos mais tradicionais e principais clubes sociais da cidade, a Sociedade Cultural e Assistencial Tiradentes, que foi fundada em 1920.
Para os futuros moradores do bairro, famílias tradicionais estão em todas as ruas, garantindo uma vizinhança familiar, repleta de amizade e respeito.

5- Segurança é essencial e está entre as 5 vantagens de morar no bairro São João

Como você já viu nos outros tópicos, o bairro São João está em constante desenvolvimento e, ainda assim, tem a garantia de uma região segura. Com uma vizinhança antiga, vias bem iluminadas e movimentadas, a segurança é um dos grandes destaques deste bairro. E não apenas isso, pois se complementa com os tantos outros aspectos positivos já levantados aqui e que com certeza, tornam esta região uma boa indicação para estabelecer o novo lar da sua família.

Com estas informações, certamente você já tem argumentos suficientes para investir no bairro São João, em Itajaí. Dessa forma, acesse o site da Criar Empreendimentos e confira as opções que estão sendo construídos por aqui. Sempre tem um imóvel adequado para o seu bolso, nas condições ideais e para atender o seu gosto.

Como é calculada a taxa de condomínio de um empreendimento?

Como é calculada a taxa de condomínio de um empreendimento?

 Adquirir um apartamento possui muitas vantagens, mas também requer atenção em alguns detalhes como a taxa de condomínio. Com a nossa rotina, às vezes não conseguimos acompanhar tudo o que acontece no empreendimento, por isso a taxa aparece para auxiliar nos reparos e necessidades do condomínio. A seguir, descubra como funciona a taxa de condomínio e como ela é calculada.

O que é a taxa de condomínio?

A taxa de condomínio é um valor pago mensalmente por todos os moradores. Nela são custeados os serviços importantes para o dia a dia, como segurança, conta de água, manutenção das áreas comuns do prédio, impostos e gastos com produtos de limpeza. O valor da taxa varia de acordo com a região onde o empreendimento está localizado e o número de moradores.

No caso do Garden Club, empreendimento da Criar, a taxa envolve uma questão de fatores como a energia solar, que além de ajudar o meio ambiente e a cidade, é uma fonte de energia limpa. Quer conhecer mais? Cadastre-se: https://garden.criarempreendimentos.com.br/ 

Como é calculada a taxa?

Antes de calcular a taxa de condomínio, é preciso listar todos os gastos do empreendimento. Se a taxa escolhida for fixa, é necessário apontar todas as despesas mensais, considerando contas, serviços, salários e manutenção, e projetar as despesas para os próximos 12 meses.

Não podem ser esquecidas algumas despesas extras no valor, como os reparos de aparelhos, além de ser necessário usar o índice de inflação para ajudar a prever o aumento dos custos. O valor total é dividido pelo número de apartamentos do condomínio.

Quais os riscos de não pagar a taxa de condomínio?

A taxa de condomínio é obrigatória para todos os inquilinos ou proprietários dos imóveis e existem algumas medidas que podem ser aplicadas contra o morador inadimplente, como por exemplo:

– aplicação de multas e juros;

– notificação extrajudicial para pagamento;

– cobrança judicial.

Tome cuidado: com a cobrança judicial, diante da falta de pagamento, é possível que o imóvel seja penhorado e levado a leilão para quitar a dívida.

A Criar Empreendimentos conta com imóveis exclusivos no Garden Club, pensados para o conforto e qualidade de vida de toda a sua família. Entre em contato conosco e conheça tudo sobre esse empreendimento: https://www.criarempreendimentos.com.br/ 

Fonte: JUS, Tecnisa, URBS